terça-feira, 30 de setembro de 2008

Bem Vinda Manu


Sexta-feira nasceu a Manuela, filha da minha super amiga Ivete.
A Manu veio ao mundo meio apressadinha, quiz nascer antes do tempo. A pressa, imagino eu, era para conhecer sua mamãe, seu papai, a família (aí eu me incluo na categoria das tias, mesmo não o sendo efetivamente) e esse mundão que dizem por aí que está virado, mas que eu acho que tem muita coisa linda para ser vista, ouvida, sentida.

Bem vinda Manuela Magrela!
Explore esse mundão e aproveite de todo o amor que tem ao seu redor.

domingo, 28 de setembro de 2008

café com letrinhas e futebol

Ontem levamos o Tonico em um lugar que eu adoro aqui em Curitiba. É uma livraria infantil, cheia de espaços gostosos, aulas de artes para a molecada e, o mais gostoso, às 15h tem contador de histórias, em uma sala cheia de almofadas, puffes e teato de fantoches. Chama-se Café com Letras.
Chegamos cedo e a diversão começou com o Rogério lendo livrinhos para ele.



Normalmente o teatrinho é bem concorrido e lota de crianças. Ontem, não sei porquê, não tinha ninguém e a "tia" contou a história da princesa e do sapo exclusivmente para ele, que ficou vidrado!




Saindo de lá fomos até o parque Barigui para nosso craque se exercitar um pouco jogando futebol.
Olhem a carinha de feliz dele! Alguém tem duvída se depois desse agito todo meu molequinho dormiu no carro, voltando para a casa?
.


No final do dia ainda fomos até a casa do Vicente cantar parabéns! A Ju veio nos chamar e ele já estava de pijama, então foi assim mesmo. E dá-lhe mais brincadeiras, bolo, brigadeiro, balão, dança!
Foi uma delícia de sábado.





Posted by Picasa

sábado, 27 de setembro de 2008

2 x 1

Ontem fiz o monstrinho e deu super certo!!
Ferro a vapor na hora certa, temperatura correta e temos aí um aplique bem legal.
Me aventurei também nas artes do bordado e ficou super mal feito, mas como é um monstro parece que fiz assim de propósito, hehehe. O balãozinho será preenchido com algumas figuras ou palavras, ainda não sei, feitas com canetinha para tecido.

Mas como nem tudo são flores, hoje tentei fazer uma árvore em outra camisetinha e não colou de novo...
2 x 1 para o ferro!
Acho que terei que fazer uma pós graduação em ferro de passar para finalmente acertar estes apliques...

Vejam as fotos do monstrinho e do Tonico super model vestindo minha obra de arte.



Lindo demais, né?

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

novas artes

Agora, além do scrap, estou me aventurando em novas artes. Minha amiga Juliana me botou o maior fogo para fazer umas camisetas com aplicação de retalho e estou no momento empolgação total! Já saí para comprar retalhos, linha, botão, fui em uma malharia comprar camisetas, etc. Querem saber o resultado disso tudo?
Bem... ainda não deu certo.
Para aplicar o tecido na camiseta tem que se usar um adesivo que cola com ferro de passar. Eu coloquei vapor na hora em que não tinha que colocar, e não coloquei na hora que tinha e então, fiquei com uma camiseta sem aplique...
Vejam só como minha inaptidão para serviços domésticos me atrapalha até na hora de fazer artesanato.
Como sou brasileira e não desisto nunca, hoje farei mais uma tentativa!
O objetivo é fazer uma camiseta com monstrinho para o Antônio.
Se der certo amanhã eu coloco a foto no blog.

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

cai cai balão é radical!

video
Neste vídeo vemos a imperdível cena de um roqueiro cantando música de festa junina.
Meu molequinho possui um ecletismo musical nato. Confiram!
Esses dias li, me perdoem pois não me lembro aonde, que não existe tarja preta melhor do que risada de criança. É verdade! Os momentos nos quais estou com o Antonio são de alegria pura e genuína.

terça-feira, 23 de setembro de 2008

4 coisas sobre mim

Minha amiga e blogger coach, Ligia, me falou sobre esse "caderno de perguntas" e achei legal...
Quem gostar e quiser fazer também deixe um comentário no blog para eu dar uma espiada nas respostas!

QUATRO LUGARES EM QUE VIVI
  1. São Paulo
  2. Bauru
  3. Florianópolis
  4. Curitiba
PROGRAMAS DE TV QUE ASSISTIA QUANDO CRIANÇA
  1. Balão Mágico
  2. Bambalalão
  3. Xuxa (eeecaa - aposto que vocês também tem um passado temeroso a ser desvendado!)
  4. Daniel Azulai
PROGRAMAS DE TV QUE ASSISTO
  1. Seriados AXN (CSI e Law & Order)
  2. Seriados Sony (Medium, Grey's Anatomy)
  3. Novela das 8h
  4. Fantástico

FORMAS DIFERENTES QUE ME CHAMAM

  1. Cainha (pela minha mãe, minha irmã e minha prima - pegou depois de duas férias consecutivas na Bahia!)
  2. Caiê (os outros primos)
  3. Cacá (meu pai)
  4. Cassinha e Catchula (os amigos do BBA)
QUATRO PESSOAS QUE TE MANDAM E-MAILS PELO MENOS UMA VEZ POR SEMANA
  1. Ligia
  2. Meu pai
  3. Ives
  4. Goemar (no blog)

QUATRO COMIDAS FAVORITAS (esse é o mais difícil - queria listar as top 40!)
  1. Carne (pode ser churrasco, carne de panela, assada, bife...)
  2. Abobrinha de tudo quanto é jeito - AMO
  3. Queijos (todos, mas com menção honrosa ao Brie)
  4. Verdura refogada (escarola, mostarda, couve, brócolis, acelga, catalonha...)

QUATRO LUGARES EM QUE DESEJARIA ESTAR AGORA
  1. Em qualquer lugar com minha filha
  2. Praia
  3. Cinema em São Paulo
  4. Sauna do Grande Hotel Sâo Pedro (esta resposta está enviesada, pois está um frio de matar aqui hoje)

ESPERO QUE ESTE ANO (2009) EU POSSA:
  1. Viajar com o Rô e o Tonico
  2. Trabalhar
  3. Fazer um curso de desenho e de aquarela
  4. Me aperfeiçoar e fazer muito Scrap

Vocês perceberam que eu dei várias roubadas nas respostas, né? É que sou muito intensa para me resumir em apenas 4 ítens, hehehe!

vozinha

Ontem foi meu primeiro dia lonly aqui em casa. Tive meus momentos de tristeza, mas seguindo a sugestão de muitos de vocês, resolvi voltar para minhas "artes". Não estava muito disposta e para "pegar no tranco" resolvi fazer algo mais rapidinho, pouco elaborado, mas com uma foto que é muito importante para mim.
Nela estou com minha Vó Maria, essa velhinha, doce, meiga, carinhosa, que gerou e criou dez filhos (!!!) - meu pai é o caçula - e teve não sei quantos netos e bisnetos. Ela morreu em 2003, com 102 anos e nesta data já tinha até um tataraneto!
Lembrar dela é lembrar das minhas férias em Ribeirão Preto, da sua mão macia, da sua macarronada, de bolo de chocolate, brincar de Panteras no fusca da minha tia Pipia (essa é tão especial que merece um post exclusivo), fazer bolinha de sabão com caule de mamona, cuidar de pedrinhas como se fossem bonecas - com direito a banho e tudo, calor de rachar, banho no tanque, fuligem de cana queimada...
O tempo não volta, mas lembrar é reviver e é muto bom!

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

corujinha

encomende lembrancinhas aqui
Olhem que gracinha esta corujinha. Quero uma...
Como não estou disposta a pagar US$ 120,00 por ela ($$$$$$$$$$), vou fazer uma adaptação e tentar fazer uma de scrap!

Se der certo eu publico aqui.



Olhem estes passarinhos como também são lindos e "adaptáveis" para o scrap!

domingo, 21 de setembro de 2008

Tempo

"O tempo é muito lento para os que esperam, muito rápido para os que têm medo, muito longo para os que lamentam, muito curto pra os que festejam.
Mas para os que amam, o tempo é eternidade."
Shakespeare

lar doce lar

Depois de 16 dias fora, entre São Paulo e Campinas, estou de volta.
Estava morrendo de saudades de casa.
A sensação de estar de volta é boa, mas ainda temo o que será daqui para a frente.
Enquanto estava fora, tinha sempre a companhia de alguém querido. Agora ficarei mais sozinha.
É muito bom estar aqui, porém a sensação de casa vazia, mesmo sendo que a Betânia nunca chegou a preencher realmente um espaço aqui, é muito forte. Parece que cada cantinho deste apartamento sente a falta dela. E cada pedaço de mim lamenta que ela não esteja aqui, participando da nossa rotina, preenchendo meu tempo...
Minhas manhãs serão tomadas pela alegria do Tonico, as noites pela companhia do Ro, mas minhas tardes ainda não sei como serão. Até o nascimento dela, neste período, eu cuidava dos preparativos para o seu nascimento, saía para comprar o enxoval, fazia yoga, as lembrancinhas da maternidade, os enfeitinhos do quarto. Depois que ela nasceu, tinha as visitas à uti e tirar o leite para alimentá-la - sem contar que a casa esteve sempre cheia.
A partir de amanhã não sei como será nem o que farei.

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Banho na pia

Aqui arteirices para festas e datas comemorativas!

Estou na casa dos meus pais e achei umas fotos do Tonico pequenininho. Foi uma delícia esse achado, pois perdi as fotos que eu tinha no meu computador e também porquê estou super carente de bebê...

Vejam essa, dele tomando um delicioso banho de pia. Não é demais??

Para uma mãe de primeira viajem, até que eu era bem arrojada, não?


Olhem a carinha de choro... Que dó!
E logo em seguida um riso escancarado de um molequinho que é picareta há muito tempo!

Cegueira



Fui ver Ensaio sobre a cegueira.


Estava com muita vontade de ver o filme, mas também um tanto receosa, pois li o livro e não sabia se o vídeo iria macular a imagem que eu tinha.


Eu AMO Saramago - depois que comecei a ler sua obra fiquei com a impressão que ele roubou toda a criatividade e estilo do mundo. Pobre dos outros autores...


Mas voltando ao filme, gostei muito. O enredo é bem fiel ao original, a fotografia é linda e apesar de todo o drama da história, saímos do cinema leves, esperançosos... Também gostei das interpretações - Julianne Moore está ótima. Só o médico me passou uma impressão mais chatonilda do que no livro.


Depois me contem o que acharam.

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Linha de passe



Hoje a tarde fui assistir "linha de passe".
Sou muito fã do Walter Salles e gostei bastante deste filme também.
Menos poético do que Central do Brasil e Abril despedaçado. Um filme denso, tenso e muito humano.
Acho imperdível.
Este semana, se der, verei "ensaio sobre a cegueira" e deixo minhas impressões aqui...

E quem já assistiu um dos dois deixe seus comentários, não quero falar sozinha :)

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

uma saga que ninguém merece

Acho que vocês já devem saber que infelizmente a Betânia faleceu dia 03 de setembro. Saímos de Curitiba neste mesmo dia e viemos para São Paulo para enterrá-la.
Como se a dor e sofrimento de 19 dias de uti e de perder uma filha não bastassem, dois dias após sua morte eu estava rolando de dor devido a uma crise de cálculo renal, que perdurou por mais 3 dias. E dá-lhe remédios, idas ao pronto socorro, mais remédios, noites sem dormir, vômitos... A crise passou e o que ficou é uma dor abdminal bem tolerável.
O que eu não consigo entender é porque tanto sofrimento, dor e tristeza.
Estou tentando acreditar no que todos me dizem: que vai passar, que o tempo melhora tudo, que coisas boas virão.
Espero que seja isso mesmo e que o tempo passe rápido.

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Bebeca margarida

Neste dia chegamos na maternidade, na visita noturna, e a encontramos assim, deitada de bruços e com uma margaridinha na cabeça! Eu não sabia se ria ou chorava por encontrá-la tão linda, tão cuidadinha...
Esta é uma das lembranças mais lindas que tenho dela: gordinha, corada, enfeitada, cheirosa!

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Minha princesinha guerreira

Minha linda,
Sempre te amei e vou te amar para sempre.
Você estará conosco todos os dias em todos os momentos.

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Para a Sissi




Querida,


É muito bom ter você sempre ao meu lado. Poder te ligar a qualquer hora do dia ou da noite, contando sobre alguma briga, as peripécias do Tonico, desesperada querendo saber se é hora ou não de sair disparada para o hospital devido a uma tosse que não para, uma febre que persiste (nunca é, ainda bem), contar com seu apoio de irmã-médica na hora do parto e me sentir sempre protegida pelo seu conhecimento, cuidado e carinho.


Seu amor e generosidade transbordam. São tão grandes que assim que você chega, seus sobrinhos resolvem "pular" da barriga para conhecê-la logo! Eles aguardam sua chegada para nascer... Os dois fizeram isso! O Antônio chegou com nota 10 para te encher de orgulho e a Betânia se transformou nessa nossa guerreirinha depois de ganhar seus beijos.


É a irmãzinha mais nova que me protege como se eu fosse a caçula!


É a filhinha mais nova que se preocupa como se nossos pais fossem seus filhos!


Esse mesmo cuidado, amor, carinho e generosidade chegam aos seus amigos, seus pacientes.


Você é muito especial e eu te amo muito.